quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

OS POVOS DE CASAL DE CINZA, JARMELO E POUSADE CELEBRAM O DIA DE REIS EM VALE DE FRADES, NAS TERRAS DO LIMITE

 

Amigos!

Em cada ano, a 6 de Janeiro, é Festa do dia de Reis.

O Povo do Jarmelo, de Pousade e de Casal de Cinza encontra-se, ao fim do dia  para o celebrar.

Fazem-no em redor de uma fogueira num campo chamado Vale de Frades nas Terras  do “Limite” junto ao barroco onde as três Freguesias se encontram; 

Nele, lá estão gravadas a Cruz de Malta  ao lado da era marcada no granito em 1666

 

 

Cantam-se a Deus e aos Homens as Janeiras e partilha-se em festa o que a cada um quis levar para que ninguém gele em noite muito fria de Janeiro.

Um pequeno fogo de artificio compete durante um minuto com as Estrelas do Céu.

Este ano de 2021 a Pandemia impede-nos de ir até lá.

Este ano de 2021,  desejando um bom 2021 e para nos lembrar o encontro no dia de Reis de 2022 celebramos o Dia de  Reis com https://youtu.be/kwbLlzzegOQ

a “Lenda da Beira”, Opus 39 composta por Alfredo Napoleão (Porto 1852- Lisboa1917), tocada ao piano por Duarte Cunha (Porto 1983-Manchester 2020),  ambos de renome mundial, inserida no CD “Solitude”, animada com imagens feitas em vídeo por Pedro Pinto, Professor do Instituto Politécnico da Guarda.

https://youtu.be/kwbLlzzegOQ

Vossos

Fernando António (Carvalho Rodrigues)

José Rabaça

Agostinho Silva

Carlos Baptista

Isidro Almeida

Luís Rita

António Lopes

António dos Santos

Luís Tomé

Hélder Pires

 


terça-feira, 5 de janeiro de 2021

Tempo (muito) frio. Medidas de autoproteção que a população deve adotar

Recomendações de medidas de autoproteção que a população deve adotar.


A nível da proteção individual:

  • Evite a exposição prolongada ao frio e às mudanças bruscas de temperatura;
  • Mantenha o corpo quente, através do uso de várias camadas de roupa, folgada e adaptada à temperatura ambiente;
  • Proteja as extremidades do corpo (usando luvas, gorro, meias quentes e cachecol) e calçado quente e antiderrapante;
  • Beba sopas e bebidas quentes, evitando o álcool que proporciona uma falsa sensação de calor;
  • Tenha especial atenção com a proteção em termos de vestuário por parte de trabalhadores que exerçam a sua atividade no exterior e evite esforços excessivos resultantes dessa atividade;
  • Tenha cautela na prática de atividade física no exterior, prestando atenção às condições do piso para evitar quedas;
  • Preste atenção aos grupos mais vulneráveis (crianças nos primeiros anos de vida, doentes crónicos, pessoas idosas ou em condição de maior isolamento, trabalhadores que exerçam atividade no exterior e pessoas sem abrigo).

A nível da proteção coletiva:

  • Especial atenção aos aquecimentos com combustão (ex.: braseiras e lareiras), que podem causar intoxicação devido à acumulação de monóxido de carbono e levar à morte;
  • Assegurar uma adequada ventilação das habitações, quando não for possível evitar o uso de braseiras ou lareiras;
  • Evitar o uso de dispositivos de aquecimento durante o sono, desligando sempre quaisquer aparelhos antes de se deitar;
  • Ter em atenção a condução em locais onde se forme gelo na estrada, adotando uma condução defensiva;
  • Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.